OPINIÃO: o Circo Parlamentar Intermitente (CPI) continua… | Felipe Tedesco Orlandi

Quando eu imaginei produzir um conteúdo leve e de assuntos diversos para a Rádio Serrana, não fazia ideia de que nosso cenário político e econômico teria tanto conteúdo que causa, de certa forma, uma repulsa […]


Publicado por Felipe Vicari

há 3 semanas atrás

Compartilhar

Quando eu imaginei produzir um conteúdo leve e de assuntos diversos para a Rádio Serrana, não fazia ideia de que nosso cenário político e econômico teria tanto conteúdo que causa, de certa forma, uma repulsa aos cidadãos, tanto bolsonaristas quanto opositores.

Nesta quarta-feira (29), vimos um legítimo circo – inclusive nomeado dessa forma pelo próprio presidente da comissão – tendo como atração principal o polêmico empresário Luciano Hang, forte apoiador do governo Bolsonaro.

Infelizmente, o objetivo da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid está deturpado seja pela demora na conclusão, seja pelo desgaste político instaurado. Grande parte dos questionamentos realizados no início do depoimento de Luciano Hang se deram a modo diverso ao objetivo da CPI, buscando informações genéricas sobre recebimento de valores e subsídios do governo. Ora, uma empresa com a dimensão da rede de lojas Havan, seria impossível não receber benefícios e incentivos federais, estaduais ou municipais, pois geram riqueza ao local em que se instalam.

Ao acompanhar na integra o depoimento de Hang, pude constatar que a polarização da política sem justo motivo ou com preceitos devidamente construídos levarão o país a um caos jamais visto, antevendo as eleições próximas.

Ora, a começar pela eleição do relator da Comissão Parlamentar de Inquérito, Sr. Renan Calheiros, cuja fama o precede e dispensa comentários. Qual seria a credibilidade do relatório emitido por esse cidadão que exerce o importante cargo de Senador da República?

Insinuações do próprio presidente da comissão, Sen. Omar Aziz, contra o depoente, geram grande distanciamento entre a CPI e o seu equivalente, o Inquérito Policial.

Enquanto isso, somos (cidadãos comuns) conduzidos a um vale obscuro, em que por certo não haverá a denúncia de “figurões” por crimes contra a saúde pública durante a pandemia, tendo em vista que o Procurador Geral da República (nomeado pelo Presidente) é responsável por tomar as medidas judiciais sobre as informações contidas na CPI. Nos resta a aguardar os próximos divertidos e tristes episódios.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Felipe Tedesco Orlandi é advogado estabelecido na cidade de Garibaldi. Amante de um bom vinho e de boas conversas, Orlandi contribui trazendo leveza em seu conteúdo, apresentando textos que abordam assuntos relevantes e que influenciam no desenvolvimento e convívio da sociedade.

“Acredito que a melhor maneira de haver crescimento intelectual e humano de uma sociedade passa pela informação, devendo ser ela prestada com clareza e analisando os mais diversos pontos existentes de uma discussão. Pretendo aqui contribuir com minha expertise para essa devida finalidade.”

Generic placeholder image
Por Felipe Vicari

há 3 semanas atrás

Compartilhar
    play_arrow
    lens

    AO VIVO | PROGRAMA

play_arrow
lens

AO VIVO | PROGRAMA

Tempo agora

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider